Este site é melhor visualizado em 800x600x16bits


Caros amigos, estou reformulando o site. Tentando colocar algumas novidades.
Tenham paciência com os links quebrados e as páginas incompletas.
Contribuições continuam bem vindas.

flau.ta sf (fr ant flaüte)

1. Instrumento musical de sopro, conhecido desde épocas muito remotas, de tubo aberto, e dotado de orifícios, os quais, obturados, determinam o comprimento da coluna de ar posta em vibração pelos lábios do executante: 2. Flauta transversal, com a extensão de três oitavas, de embocadura livre, constituída atualmente por um tubo cilíndrico de prata ou de metal prateado que, além do orifício lateral que serve de embocadura, tem mais 16 orifícios dotados de chaves. 3. Pífaro, pífano. 4. Bras. Vadiação, vagabundagem. 5. Bras. Zombaria, flauteio. S. 2 g. 6. V. flautista (1). 7. Registro de quase todos os harmônios. (Var.: frauta.) Flauta basca. 1. V. galubé. Flauta de Pã. 1. Antigo instrumento de sopro, formado por uma série de tubos de comprimento decrescente; siringe. Flauta doce. 1. Flauta vertical, de madeira e bisel, acionada diretamente pelos lábios do executante. (Cf. flajolé.) Flauta provençal. 1. V. galubé. Flauta transversa. 1. A que é executada em posição horizontal. Flauta vertical. 1. A que é soprada pela extremidade superior. Levar na flauta. Bras. Fam. 1. Não tomar a sério; brincar ou troçar de: Levar a vida na flauta. Bras. Fam. 1. Vadiar.


Flautista Greg Patillo

aflautado (De a + flauta + ado.) Adj.1» Semelhante à flauta, na aparência ou no som.2. Suave, brando, à maneira de flauta: "Disposto a convencer-me do contrário, aflautado e melífluo, ele insistiu, protestando contra a 'ditadura financeira' que eu desejava impor" (Luís Edmundo, De um Livro de Memórias III, p. 857). 3. Delgado, esguio. 4. Fam. Esganiçado; agudo: voz aflautada.

afofié (Do ioruba.)S. f. Bras.1> Pequena flauta de bambu com bocal de madeira, usada nos candomblés baianos.

aulética (Do gr. auletiké) S. f.1> Arte de tocar flauta ou aulo, entre os antigos gregos e romanos.

aulo (Do gr. aulos.) S. m.1> Entre os antigos gregos, designação comum a diversos tipos de flauta.

avena (Do lat. avena.) S. f. Poét.1> Antiga flauta pastoril feita, em geral, do talo da aveia.

cálamo (Do gr. kálamos, pelo lat. calamu.) S. m. 1. Caule das gramíneas e doutras plantas. 2. Pedaço de cana ou caniço talhado em ponta, apincelada ou rachada, outrora usado como instrumento de escrita em papiro, pergaminho, etc. 3. Fig. Estilo (2) escrito; pena.4> Fig. e Poét. Flauta (1). 5. V. ácoro.

calínico (Do gr. kallínikos.) S. m.1> Entre os antigos gregos, certo bailado que se dança ao som de flauta.

cangoeira (Do tupi kãg'wer, 'osso sem carne'.) S. f.1> Bras. Flauta indígena feita de ossos de guerreiros mortos. 2. Bras., GO. Leitoa magra.

charamela (Do fr. ant. chalemelle, atualmente chalumeau.) S. f. Mús.1> Antigo instrumento de sopro, precursor da atual clarineta, de timbre estridente e áspero, da família da flauta, dotado de palheta simples que o ar fazia vibrar depois de percorrer um tubo cilíndrico, posto acima do corpo sonoro do instrumento: "O brado estrídulo dos anafis e das charamelas ressoava nas abóbadas góticas da igreja" (Antero de Figueiredo, Leonor Teles, p. XIX). 2. Registro grave da clarineta. 3. Registro do órgão, de timbre suave, e que imita os instrumentos pastoris. 4. Um dos tubos da gaita de foles.

diaulo (Do gr. diaulos.) S. m. Mús.1> Flauta dupla, usada entre os gregos. 2. Música para esse instrumento. 3. Tocador de díaulo.

embeaxió (Do tupi m'bi vaxi'ó, 'gaita chorar'.) S. m. Bras., N.1> Flauta de taboca, de som plangente.

fístula (Do lat. fistula.) S. f. 1. Patol. Lesão congênita ou adquirida, que se caracteriza por um trajeto através do qual se eliminam secreções variadas. 2. Cir. Comunicação construída entre duas estruturas do corpo ou entre uma estrutura e o meio exterior.3> Poét. Flauta pastoril. 4. Bras. Sujeito de mau caráter: Não se meta com aquele indivíduo: é uma fístula.

flajolé (Do fr. flageolet.) S. m.1> Pequena flauta, de madeira e bisel, com um tubo condutor que leva o ar da embocadura até o bisel. Tem, atualmente, seis orifícios dotados de chaves e uma extensão de duas oitavas. (Cf. flauta doce.) 2. Registro de órgão, de dois pés e sonoridade aguda. 3. Cada um dos sons harmônicos produzidos artificialmente nos instrumentos de cordas friccionáveis; flautado.

flautar V. t. d. 1. Aflautar: flautar a voz. V. int.2> Tirar de um instrumento sons de flauta; aflautar. 3. Fig. Falar com afetação.

flautear V. int.1» Tocar flauta. 2. Faltar a compromisso; iludir, enganar. 3. Distrair-se, espairecer: Flauteava no campo. 4. Bras. Viver na flauta; vadiar, vagabundear. V. t. d. 5. Pop. Tentar enganar com subterfúgios. 6. Bras. Zombar de; escarnecer.

flauteio (Dev. de flautear.) S. m.1» Mús. Trecho melódico em que há timbres próprios da flauta.2. Bras. Zombaria, troça, flauta.

flautim (Do it. flautino.) S. m.1> Instrumento musical de sopro, semelhante à flauta, porém menor e mais fino, e que dá a oitava superior da nota escrita: "Tíbios flautins finíssimos gritavam" (Olavo Bilac, Poesias, p. 135). 2. Tocador de flautim; flautinista.

galubé S. m. Mús.1> Espécie de pífaro com três orifícios, muito usado na Provença e no Languedoc, e que é acompanhado de tamboril pelo próprio executante; flauta provençal, flauta basca.

icapirira S. f. Bras., MT.1> Flauta de Pã dos índios bororos, com cinco tubos de bambu.

maniflautista (De mani-2 + flautista.) S. 2 g.1> Pessoa que com as mãos produz sons semelhantes aos da flauta.

melódica (Fem. substantivado do adj. melódico.) S. f. 1. Instrumento que produz sons pelo atrito de umas pontas de metal sobre um cilindro de aço.2> Clavicórdio com um registro de flauta, construído em 1770 por J. A. Stein (1728-1792). 3. Caixa de música. 4. Teoria da melodia.

membi (Do tupi me'mbi.) S. m. Bras.1> Flauta indígena, feita da tíbia dos animais ou dos inimigos; memi, membé, mibu, mimô, mumu. (Cf. inúbia e mimê.) 2. Árvore da família das leguminosas (Cassia apoucouita), ornamental em virtude das grandes flores amarelas, que preenchem a copa e têm 10 estames férteis e semelhantes.

membixuê S. m. Bras.1> Flauta dupla com que os indígenas acompanham seus cantos de tristeza, e que se assemelha à quena peruana.

pífaro (Do médio alto-al. pifer.) S. m. 1. Ant. Espécie de flautim militar, com seis orifícios, que os soldados tocavam juntamente com o tambor, e que produzia sons agudos e estridentes. 2. O tocador desse instrumento. 3. Espécie de oboé italiano, com nove orifícios, usado pelos músicos ambulantes dos Abruzos (Itália).4> Bras. Instrumento rústico, semelhante ao pífaro (1 e 3), usado ainda hoje, sobretudo em conjuntos musicais populares; flauta: "Deitado na relva, Eliezer embeiçava o pequeno pífaro e dele tirava sons ciciantes e nostálgicos" (Eduardo Frieiro, O Mameluco Boaventura, pp. 52-53). 5. Ant. Espécie de cornamusa italiana. (Var.: pífano (por infl. de tímpano) e pifre, pife (pop.).)

pipia (Dev. de pipiar.) S. f.1> Pequena flauta pastoril, feita geralmente da cana do trigo ou da cevada, com que se produz um som estridente que imita o canto de pássaros, a fim de prendê-los: "Na frente .... iam arautos a soar trombetas e pipias" (Antero de Figueiredo, Leonor Teles, p. 242). (Cf. avena.) 2. Bras. Certa ave. S. 2 g. 3. Pessoa míope.

pru S. m.1> Tipo de flauta nasal usada pelos índios botocudos.

quena (Do quíchua, atr. do esp. plat. quena.) S. f.1> Flauta vertical e rústica, feita de tíbias ou de bambu, com a qual os índios do Peru, da Bolívia e do N. da Argentina acompanham seus cantos.

siringe (Do gr. syrigx, ggos, 'flauta de cana', pelo lat. syringe.) S. f.1> V. flauta de pã. 2. Zool. Laringe inferior das aves, muito complexa nos pássaros canoros.

teiru (De or. indígena.) S. m. Bras., MT.1> Flauta dos índios parecis. 2. Cantiga com que esses índios celebram a morte do cacique de Uauazareoiteco.

tíbia (Do lat. tibia.) S. f. 1. Anat. Cada um dos dois ossos de cada perna, o mais grosso e mais interno. 2. A canela da perna. 3. A terceira articulação das pernas dos insetos.4> Poét. Flauta de pastor: "Da tíbia a voz canora eu vejo pelos ares / Deuses, ninfas" (João Ribeiro, Versos, p. 146).

zeugo (Do gr. zeûgos, 'par'.) S. m.1> Instrumento musical, na Grécia antiga, composto de duas flautas reunidas.

 


"Considero minhas obras como cartas que escrevi à posteridade, sem esperar resposta."

Heitor Villa-Lobos

 

©2001-2007 A Flauta